quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

O nojo deste governo

Quando eu penso que o nojo da política bateu no fundo, há sempre algo que me mostra que ainda há mais buraco no fundo.

“A Segurança Social promoveu todas as chefias para compensar os cortes salariais no próximo ano. O aumento tem efeitos retroactivos ao início de 2010. As nomeações foram hoje publicadas em Diário da República e são assinadas pelo ministro das Finanças.”

Ouvi. Não acreditei. Fui ler. Lá estava. Preto no branco. Na véspera de entrar em vigor a maior parte das medidas que nos vão lixar a vida, o ministro das Finanças, assinou esta vergonha.

Como é que Sócrates tem moral para nos falar em patriotismo? Para as urtigas o patriotismo! Eles também se estão nas tintas para o patriotismo. E para nós. Olham para eles e para os amigos deles e são capazes de tudo. E quando digo tudo, é tudo mesmo. Já me roubaram na reforma, este mês, mas aumentam esta corja para que nem notem a crise que os outros hão-de pagar. E depois os socialistas, e o seu candidato alegre, enchem a boca com o estado social. Para o raio que os parta a todos. É nas mãos destes vigaristas, destes gatunos, destes hipócritas, desta gente obscena que está entregue o governo do meu país.

Acabo o ano indignada com mais esta canalhice deste governo. Só lamento não ter poder para lhes proporcionar o ano novo que merecem.

6 comentários:

Gaivota Maria disse...

Filhos de prostituta são cavalheiros sérios à beira desta escumalha

Graça Pimentel disse...

Gaivota Maria
Estes ordinários hoje conseguiram tirar-me do sério. Fiquei indignada e sou impotente perante estas alarvidades. A sensação de impotência é das piores que há...

beijo

Jorge Aragão disse...

Graça, um bom 2011 com saúde, que o resto ,logo se vê...
E que este povo desperte, carago...
Bjinhos.

Anónimo disse...

O post só não é absolutamente perfeito porque faltam mais adejectivos (dos piores).

Graça Pimentel disse...

Jorge
Desejo que o teu 2011 seja o melhor possível.
O povo não desperta, carago...

Beijo amigo

Graça Pimentel disse...

Anónimo
Vontade para colocar mais adjectivos não faltou...